venerdì 9 novembre 2007

Lei de Murphy


Provavelmente já conhecem a variaçao da lei de murphy, que diz que "se alguma coisa pode correr mal é porque vai correr mal". Ora baseando-se nest pressuposto a equipa do Eng. Murphy, que trabalhava para Força Aérea Norte-americana, pasosu a desenvolver os seus processos prevendo tudo o que poderia dar errado, de modo a que nada corresse mal.


Imagine-se a seguinte situaçao: estás em Barcelona (ou qualquer outra cidade fora do teu país) e vais levantar dinheiro. Apercebes-te que o cartao Multibanco nao está na cateira, nem no casaco, nem nas calças. Estás perto de casa e é aí que te diriges, a passo apressado. Reviras a casa inteira e...nada. Pensas quando é que foi a última vez que viste o cartao: na noite anterior, levantaste dinheiro antes de entrares no bar. Nao tens a certeza onde fica o bar, mas consegues lá chegar e perguntas se foi encontrado alguma "tarjeta". Zeros. Continuas a pensar noutras hipóteses e telefonas para a casa onde estiveste antes do jantar, poucas horas antes de começar esta "investigaçao", mas curiosamente também nao está lá o cartao. Pedes entao há pessoa que foi jantar contigo para ir no dia seguite ao restaurante perguntar pelo cartao. Porque é que nao vais tu ao restaurante? Ora porque sao 2h da manha e tens o vôo para Itália às 11h! Isso vais para Itália 5 dias e nao tens cartao MB.


Felizmente, homem prevenido vale por dois. Tinha 100€ em casa e também ia de viagem com o meu novo melhor amigo, talvez o conheçam, chama-se VISA. Até há pouco tempo costumava viajar com o amigo AMEX, mas as nossas vidas foram por caminhos diferentes e ele já nao me pode ajudar.

O VISA tem a desvantagem (em relaçao ao AMEX) de ter um limite de crédito, mas a grande vantagem de ter uma rede de contactos muito maior, e é practicamente aceite em qualquer lado (pelo menos na europa).

Parte do meu plano de contigência passava também por nao ter os 2 cartoes MB juntos, de forma a que se um se perdesse podia usar o outro. O problema é que o cartao suplente está a uns 1200 KM de distância. Mas um elaborado plano de entrega já está em andamento e por isso, em poucos dias, já o devo ter comigo.

"Nel frattempo" fico a dever 400€ da casa (ainda só paguei o depósito), 200€ a uma alma caridosa que me emprestou, para que me aguentasse uns tempos. A cama também vai ter que esperar!


Próximos episódios:viagem a Itália

4 commenti:

Emplastron ha detto...

Ahahahah! Tu és o rei da Lei de Murphy!!!

Lili ha detto...

Lol!!!!
Tás lá LOBI! Qual lei de Murphy?! Lei de LOBO! AAAhhh
A cama vai ter de esperar?!! ;)
Então onde andas a dormir? Ehhehehe
Baci tanti
Lili

ritinha ha detto...

amigo lobo, e a camaaaaaaaaaaaaa???não me digas que andas a dormir naquele colchão mixuruco que me deram lá em tua casa???quem é que foi esperta...!!!!???
amigo não te tenho ligado nenhuma, desculpa, ando no lodo com os exames..a sorte é que não venho trabalhar e fico em casa na moleza a estudar para os exames...mas custa TANTO!!!!TANTO
nesTe momento tenho que pensar na lei de murphy..tudo vai correr bem!!!so far sooooo good!!!como os nuestros hermanos dizem!!!Q
QUE TODO ME SALGA MUY BIEN...

TAMOS LÁ AMIGO, TENS QUE ESCREVER MAIS COISAS PARA SABERMOS NOVIDADES.E ITÁLIA???AS MINI FÉRIAS?
BEM HASTA GUAPO!!!!!!

Nuno ha detto...

Pois é a cama ainda está no IKEA, mas por pouco tempo, espero.

Para já continuo na de solteiro.

Bom estudo e in boca al lupo per gli esami Rita!!!

Uma novidade de última hora impede-me de escrever sobre itália.Vem aí bomba!!