lunedì 20 aprile 2009

Newcastle-Upon-Tyne


Eu e os meus primos Charlie e Harriet, com a Tyne Bridge como pano de fundo


No fim-de-semana de Páscoa fui para a cidade que todos gostariam de ir nesta altura do ano. Já advinharam, é isso mesmo, fui a Newcastle.

O que vocês nao devem saber é que o nome completo desta cidade do norte de Inglaterra é Newcastle-Upon-Tyne. A origem do nome é bastante dificil de explicar, mas há quem diga que baseou-se num castelo novo, construído ao pé do rio Tyne. Tenho as minhas sérias dúvidas.

No entanto, para ser mais preciso, a maior parte do tempo passei-o em Gateshead, que está para Newcastle como Gaia para o Porto. Gateshead foi o meu poiso habitual, porque tenho lá familia e foi essa a razao da minha visita a este canto da Europa.

Durante a minha estadia por Inglaterra, fui também a Durham, que é uma pequena cidade mediaval perto de Newcastle, com uma das mais prestígiadas Universidades do país, depois de Oxford e Cambridge. Os ponto turísticos mais famosos sao a Catedral e o Castelo. O Castelo serve de aposentos para alguns dos estudantes universitários (parece saído de uma história do Harry Potter...aliás acho que há cenas filmadas na Catedral de Durham). Neste Castelo encontra-se nada mais, nada menos do que a cozinha em funcionamento mais antiga do mundo, com vários séculos (nao esperem que me lembre quantos...sao muitos, pronto). Na vistita turística é sempre um estudante que faz de guia. A estudante que nos calhou em sorte tinha o curioso habito de começar e acabar com todas as frases com a bengala "Hmm, ok than".

Catedral Durham

Os dois grandes símbolos de do Nordeste Inglês: "Angel of the North" e a "Tyne Bridge".

Angel of the North

Uma história curiosa. No dia seguinte ao que cheguei acabei por ir jantar a casa dos pais da companheira do meu primo, porque nesse dia iam encontrar-se pela primeira vez pais dela e os pais da namorada do irmao dela (perceberam? leiam outra vez entao). Ou seja estava num jantar de familia relativamente formal, sendo que nao era de nenhuma das familias. Eu era o primo estrangeiro do companheiro da irma do namorado da filha daquela familia...nao sei se estao a ver o filme! Foi no entanto um final de tarde/noite bem passado. Só havia o problema de eu nao perceber quase nada do que um deles dizia, porque tinha um sotaque nortenho muito acentuado (a roçar o sotaque escocês).

Fui também a um museu de arte conteporânea. O museu era grátis e ainda hoje acho que devia pedir o meu dinheiro de volta! Eu também posso ser um artista moderno...é só fazer uma baboseira qualquer e dizer que é uma instalaçao. Enfim...

Espero que com isto tenham ficado com a curiosidade de ir a Newcastle, pois é uma cidade com alguma coisa para ver, sobretudo nos arredores.

1 commento:

Kraxpelax ha detto...

Noncommercial advertisement! Just for once: plain honest no nonsense spam making no pretense being something else, with a real message and an sound errand. See Window Mirror and find out.

http://winmir.blogspot.com/See my poetry as well:

http://singleswingle.blogspot.com/I am not anyone. I am unique.

- Peter Ingestad, Sweden